Rua Visconde de Itaboraí, 309 - São Paulo-SP 11 2359-3633 11 2293-3221 11 2631-0419

QSA-CC

QSA-CC

Aplicação

  • Distribuição e proteção de retificadores de corrente contínua.
  • Alimentação dos sistemas de comando, proteção e medição. (Motor de carregamento de molas dos disjuntores de MT, bobina de abertura, bobina de fechamento, alimentação auxiliar de relés de proteção, etc.).
  • Proteção e manobra de circuito elétrico em geral com tensão de 250/125Vcc.
  • Utilizados em centrais elétricas, PCHs, usinas eólicas, termoelétricas e subestações em geral

Vantagens

  • Segurança do operador na manutenção e operação.
  • O circuito de corrente contínua alimentado pelo banco de baterias está isento das flutuações de tensão e dos transitórios a que fica submetida a fonte principal, garantindo segurança e confiabilidade à atuação do sistema de proteção.
  • Disjuntor geral com manopla rotativa, permitindo o bloqueio na posição desligado por meio de cadeados.
  • Sinalização de barramento de entrada energizado.
  • Prazo de entrega de 45 dias com excelente relação custo-benefício

Opcionais

  • Medição através de voltímetro, amperímetro ou medidor multifunção (A, V, kW, FP, kWh, Hz) com comunicação RS485.
  • Transdutores de tensão e corrente com saída 4-20mA.
  • Contatos auxiliares de sinalização de posição dos minidisjuntores.

Ensaios

Ensaios de Rotina: Resistência ôhmica dos barramentos e contatos | Resistência de isolação | Tensão aplicada freqüência industrial 60 Hz | Resistência de isolação após tensão aplicada | Inserção de corrente no relé e TC´s | Trip no disjuntor e relé de proteção | Ensaio funcional (operação de chaves e disjuntor) | Ensaio dos intertravamentos elétricos e mecânicos.

Características Técnicas

Elétricas

  • Tensão nominal: 250/125 Vcc.
  • Classe de isolação: 750 Vca.
  • Corrente nominal do barramento principal: até 630 A.
  • Corrente nominal do barramento de derivação: até 60 A.
  • Corrente de curto circuito: até 10 kA.
  • Corrente térmica 1 segundo: até 10 kA.
  • Corrente dinâmica de pico: 20 kA.
  • Tensão aplicada 1 minuto 60 Hz: 1,0 kV.
  • Nível básico de impulso 1,2/50μs 4 kV.

Mecânicas

  • Estrutura construída em chapa de aço carbono 12MSG (2,65mm) pintada na cor cinza claro RAL 7032 ou Munsell N6,5 sistema eletrostático a pó epóxi/poliéster com espessura média de 70/80 mícrons.
  • Portas, laterais, teto, tampa inferior, tampa traseira em chapa de aço carbono 14MSG (1,9mm) pintados na cor cinza claro RAL 7032 ou Munsell N6,5.
  • Placa de montagem, suportes e divisórias em chapa de aço carbono 12/14MSG (2,65/1,9mm) na cor laranja RAL-2004.
  • Compartimentado em cela fixa Forma 1.
  • Fecho rápido com dispositivo para cadeado.
  • Grau de proteção IP-51 instalação abrigada.
  • Disjuntor geral com manopla para acionamento seguro e com bloqueio da porta na posição ligado e dispositivo para bloqueio por até 3 cadeados na posição desligada.
  • Barramento principal prateado, barramento de derivação prateado isolado com termocontrátil de 1 kV, barramento de terra e neutro em cobre nu.
  • Barramento fixado com isoladores em premix classe 750Vca dimensionados para suportar esforços dinâmicos de pico de até 176 kA.
  • Elevação de temperatura máxima nas Junções do Barramento 65ºC.
  • Grau de poluição 3 (ABNT NBR IEC 60439-1:2003).
  • Plaquetas adesivas de identificação dos circuitos, com fundo preto e letra branca.
  • Espaço para até 50 minidisjuntores bipolares.

Proteção

Proteção dos circuitos através de minidisjuntores bipolar.

Normas

  • ABNT NBR IEC 60439-1:2003 - Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão.
  • ABNT NBR 5410:2004 - Instalações elétricas de baixa tensão.
  • ABNT NBR IEC 60529:2005 Versão Corrigida 2:2011 - Graus de proteção para invólucros de equipamentos elétricos (código IP).
  • NR-10 - Segurança do Trabalho em Instalações e Serviços em Eletricidade Arc Flash IEEE Standard 1584:2002 - Cálculo de energia incidente.
  • NFPA 70E:2009 - Segurança em eletricidade no local de trabalho.